Buscar

Suásticas em dois mil e muitas bolinhas

Atualizado: 26 de Out de 2018


A semana se inicia com uma série de notícias envolvendo suásticas pintadas por aí, e eu inclusive já tinha visto uma em Botafogo, mas talvez a perplexidade tenho me feito jogar essa memória para um canto qualquer da cabeça. Até então achava que essa parte da história tinha sido exaustivamente contada pela versão dos americanos no cinema, e que não poderia restar dúvidas sobre o abominável capítulo de ódio promovido pelo nazismo alemão


A suástica simboliza simplesmente a tentativa quase bem sucedida de uma limpeza étnica que pretendia exterminar tudo aquilo que não fosse europeu e branco, segundo uma ideia de supremacia racial ariana. Nesse sentido, a completa ignorância sobre todo esse processo histórico fica bem evidente, porque brasileiros estão longe dos padrões superiores que os nazistas protegiam, e seriam igualmente exterminados. Não achei que estaria diante dessa situação, em dois mil e várias bolinhas, algorítimos e inteligência artificial


Estamos inaugurando as primeiras décadas do novo milênio orientadxs por idéias tão velhas quanto seus principais disseminadores. Tudo tem levado a crer que o sentimento de traição em relação ao PT tenha abatido o (novelístico) Brasil de uma forma tão absoluta quanto a certeza construída pela mídia, que promoveu o ex-presidente Lula ao maior ladrão da história do nosso (desmemoriado) país, o mesmo de Collor, Cunha e Sarney. Talvez a maior tiro no pé do partido dos trabalhadores tenha sido peitar todas as instituições do nosso processo eleitoral insistindo em sua candidatura mesmo da prisão, ideia que pairou ai durante uns bons 2 meses, um prato cheio para a mídia e a oposição. Ali o coração do brasileiro fora das bolhas políticas foi dilacerado em decepção terceiro mundista. Não são eles os idiotas das suásticas nazistas que votam em massa no candidato militar, e sim quem já votou muitas vezes anteriores no PT


É possível que as expressões neonazistas das últimas notícias sejam de autoria de uma minoria muito jovem com quase nenhum conhecimento sobre história, que se informa por meme de whatsapp e tem disposição para causar na rua assim. A vigíliia constante do mundo conectado abre janelas para a denúncia desses absurdos todos os dias, mas também nos expoem às provocações anônimas esvaziadas de qualquer ideologia palpável em uma propagação intencional de puro e simples medo. E medo pode ser paralisante. Tenho escutado que está difícil reunir energias para sair de casa. É justamente o que eles esperam.


Outra ferramenta de controle das nossas mentes e energia são as problemáticas pesquisas do DataFolha, encomendadas por grandes grupos de mídia, apontando uma grande margem de vantagem para coiso nesse dia que vos falo. Essas pesquisas feitas com amostra irrisória são completamente falhas do ponto de vista da metodologia de pesquisa necessária para a apreensão de comportamento social através de pesquisa de opinião e estatística. Em suma, são o oposto do que se considera uma análise próxima à realidade nas Ciências Sociais. Para mim, as recentes pesquisas do Ibope instrumentalizam nossas fragilizadas emoções, em uma versão cada vez mais brasileira da ascensão de Trump nos EUA

  • Instagram - Black Circle